Uncategorized

Óscares 2018: o melhor e o pior.

Vejo os óscares todos os anos, ou melhor, metade dos óscares, porque adormeço sempre a meio e o facto de dar ao Domingo também nao ajuda nada, uma vez que, normalmente à segunda-feira temos que levantar o rabo da cama bem cedo!

Este ano e aproveitando o facto de termos criado o blog, vou dar a minha opinião (em imagens) em relação ás indumentárias.

Gosto bastante de moda e tenho um gosto um tanto ao quanto peculiar. Certamente que haverá muita gente a discordar de mim, mas mesmo assim vou-me permitir.

 O MELHOR

1. Emily Blunt – Schiparelli Haute Couture

Esta é a minha primeira escolha: elegante, sóbrio e com uns detalhes originais, como se pode ver pelas mangas e gola. Talvez não seja a melhor escolha para uma noite destas, mas que é bonito, lá isso é!

 

2. Sally Hawkins – Armani Privé

A actriz principal de “The Shape of Water”, filme vencedor, optou pelo brilho e fez ela muito bem. Uma escolha acertada, sem decote e com o acabamento em preto que lhe dá um toque especial. O cabelo apanhado meio desajeitado propositadamente, combina na perfeição.

 

3. Jennifer Lawrence – Dior

Tenho a dizer que o vestido lhe assenta que nem uma luva, além de primar pela simplicidade sem grandes acessórios à mistura. O brilho é mais do que suficiente.

4. Leslie Bibb – J. Mendel

Com preto, nunca me comprometo. Na moda, escolha minha sem preto, é difícil e os vestidos não são excepção. Aquela espécie de costuras ao longo de todo o vestido para que a transparêcia não fosse tão evidente, parece-me bastante acertado.

5. Zoey Deutch – Elie Saab Couture

Este é o chamado vestido discreto, a meu ver. O nude é discreto por si só e fica sempre bem a quem o sabe usar. As camadas de tecido trabalhadas dão-lhe um toque muito engraçado. Cabelo solto, apenas com uma leve ondulação…perfect!

 

O PIOR

1. Salma Hayek – Gucci

Esta senhora tem um vestido que custa 4 milhões de dólares e mesmo assim não chegou para que fosse bonito. Não é preciso ter dinheiro, basta ter bom gosto.

Tudo bem que lhe cabe promover a Gucci e o seu vestido pomposo, mas eu, sinceramente tinha vergonha de promover uma coisa destas. Além de que morria de medo de andar na rua com tanto dinheiro em cima de mim! Eu acho que ela pensava mesmo que ia a um casamento cigano, sinceramente. Ah, esqueci-me de referir que a cor é simplesmente horrível.

 

2. Andra Day – Zac Posen 

Lembram-se daqueles edredons que as nossas avós compravam só para compor a cama meio abrilhantados com padrões florais? Pois bem, ela assaltou o baú da avó, tirou de lá o edredon que lhe pareceu mais bonito, enrolou-se a ele e puff, fez-se um vestido! Já é tão ornamentado, mas ela ainda achou necessário os brincos e o fio. Não percebo.

 

3. Camila Alves – Vivienne Westwood

Se a Salma Hayek julgava que estava num casamento cigano, a Camila podia jurar que estava no seu próprio casamento. Só lhe faltava mesmo o bouquet. O cabelo está assim com um ar selvagem demais e aquele tule todo não é nada bonito. Lamento, Camila.

 

4. Blanca Blanco 

Aqui a Blanca, pegou na bandeira da Áustria, fez-lhe três ou quatro rasgões, calçou as sandálias e toca a andar para os Óscares. É uma mulher prática e despachada, só pode!

 

5. Eiza Gonzalez – Ralph Lauren

Nem sei bem como falar deste vestido. Não tem ponta por onde se lhe pegue. O meu problema até nem é o amarelo, acho que é mais o facto de parecer um bocado de licra agarrado ao corpo e aí sim, o amarelo chamar mais a atenção. Ralph Lauren a perder pontos!

Concordam? Discordam? Contem-me tudo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.