Ser Português no Luxemburgo

Ser Português no Luxemburgo #1

Todos, mas mesmo todos têm poder para mudar de vida, pode passar por mudar de país,  de cidade, ou então enfrentar o medo e procurar um trabalho novo.

O meu caso passou por fazer tudo ao mesmo tempo, e uma das maiores dificuldades  que encontrei (para além de não falar nenhuma das línguas oficiais do país para onde vim) era não saber bem onde ir, ou que papeis é que devia ter trazido já traduzidos – eu não trouxe nenhum e depois tive de andar a pedir a quem estava em Portugal que os fosse buscar por mim (se precisarem de um conselho sobre uma boa tradutora é só perguntarem 🙂 ).

Portanto vou fazer uma lista de coisas que me tinham dado um jeitaço se ja tivessem vindo comigo traduzidas :

Para fazer o registo na câmara é necessário:

  • Contrato de Trabalho;
  • Uma morada;
  • Cartão de cidadão
  • Certidão de nascimento.

Cada cidade tem a sua câmara, e como tal pode existir alguma que peça documentos extra, é relevante também que isto foi o que me foi pedido enquanto Portuguesa, para pessoas de fora da Europa não sei o que é que é necessário (mas se alguém precisar posso sempre ir perguntar).

Se se lembrarem de outros documentos que sejam necessários deixem-me ficar a saber em baixo nos comentários, ou na nossa página de Facebook. 🙂

Quero explorar várias campos nesta rubrica como onde fazer cursos acessíveis, onde ir para fazer o reconhecimento de diplomas, onde tirar cursos para poder abrir um negócio por conta própria –  por isso mantenham-se connosco 🙂

3 thoughts on “Ser Português no Luxemburgo #1”

  1. No caso de serem casados / divorciados e com filhos, e necessário trazer também todas as respectivas certidões de casamento /divórcio e dos nascimento dos miúdos. Parabéns pelo blogue. Boa continuação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.